Prisão de ventre na gravidez – O Que Fazer? É Normal? Tem Tratamento?

É bastante comum que gestantes sofram de prisão de ventre na gravidez. Mas vale saber que o problema não traz qualquer prejuízo à gestação ao ao bebê.

No entanto, a prisão de ventre na gravidez costuma provocar desconfortáveis sintomas na gestante, como: dores abdominais, formação de gases, sensação de estufamento, entre outros. Caso o problema venha acompanhado por vômitos ou náuseas intensas, recomenda-se que a gestante procure o seu ginecologista, para indicar uma solução.

Por que ocorre a prisão de ventre na gravidez?

A prisão de ventre na gravidez costuma acontecer, principalmente, por duas causas.

A primeira delas é que, com o progresso da gestação, a barriga cresce e o útero dilata – o que comprime o intestino. Com isso, o intestino tem dificuldades para funcionar normalmente, aparecendo a prisão de ventre.


A segunda causa para a prisão de ventre na gravidez é a elevação do hormônio progesterona. O hormônio costuma deixar o intestino mais preguiçoso, causando a prisão de ventre. Um exemplo disso são as  mulheres que, no período menstrual, também sofrem com esse problema, pois os níveis de progesterona também aumentam.

Mas outros fatores podem contribuir para piorar a situação. Isso pode ocorrer devido aos suplementos usados na gestação à base de ferro, que também tornam o intestino mais preguiçoso para funcionar.

mulher com prisão de ventre na gravidez

O que deve fazer?

Para reduzir a prisão de ventre na gravidez e aliviar os seus´desagradáveis sintomas é recomendado manter uma dieta rica em fibras, que estimula o funcionamento do intestino. A gestante pode apostar em fibras puras ou consumir alimentos ricos na substância, como: amêndoas com a casca,  maracujá com as sementes, gergelim, ervilhas, goiaba, pera com casca, laranja e tangerina com o bagaço, entre outros.

Outro excelente alimento para sanar a prisão de ventre é consumir diariamente de 2 a 3 ameixas pretas, de preferência, a noite – para o intestino funcionar pela manhã.

Beber bastante líquidos durante o dia também ajuda a hidratar os intestinos e estimular os seus movimentos – reduzindo a dificuldade da gestante evacuar.

Vale também apostar em exercícios físicos especificamente indicados para grávidas. As práticas físicas estimulam o funcionamento do intestino – reduzindo o quadro da prisão de ventre.

Tratamento caseiro para prisão de ventre na gravidez

As gestantes podem investir em tratamentos caseiros para amenizar o problema. A seguir, você confere a receita de tratamento caseiro para prisão de ventre na gravidez:

Suco de mamão, laranja e linhaça

Ingredientes

  • 1 mamão papaia sem casca e sementes
  • 1 colher de sopa de linhaça
  • Suco de 2 laranjas
  • 1 colher de sopa de mel

Modo de Preparo:

  1. Bata todos os ingredientes no liquidificar até obter um suco homogêneo.
  2. Adoce o suco com o mel.
  3. Tome 1 copo do suco todas as manhãs;

Suco de laranja com beterraba

mulher comendo uma salada

Ingredientes:

  • 1 copo de suco de laranja natural
  • 1/2 beterraba média
  • 1/2 copo americano de água

Modo de Fazer

  • Fatie a beterraba crua em fatias finas
  • Adicione as fatias de beterraba, o suco das laranjas e a água no liquidificador e bata até obter um suco homogêneo.
  • Consuma o suco cerca de 30 minutos antes do almoço e do jantar.  Repita o consumo por 3 dias. O intestino certamente funcionará.

Laxantes naturais para a prisão de ventre na gravidez

Alguns ingredientes servem como laxantes naturais para a prisão de ventre. Confira os principais laxantes naturais para a prisão de ventre na gravidez:

  • Plantas: raiz de alcaçus, chá de bardana, chá de cáscara sagrada e suco de babosa.
  • Frutas: mamão, ameixa, laranja, kiwi, figo, manga, morango, abacate e tangerina.
  • Alimentos ricos em fibras: nozes, castanhas, aveia, farelo de trigo, chia, linhaça, semente de abóbora e semente de girassol.

Supositório na gravidez

Os uso de supositório na gravidez para resolver a prisão de ventre deve ser indicado pelo médico. Geralmente são receitados supositórios à base de glicerina.

Não use o medicamento sem o conhecimento do seu ginecologista para não correr riscos de prejudicar a gestação.

Pergunta dos leitores

É normal que ocorra prisão de ventre e gases no início na gravidez?

Sim, é normal que ocorra prisão de ventre e gases no início na gravidez. Isso porque o crescimento da barriga pressiona o intestino. Além disso, a elevação do hormônio progesterona deixa o intestino mais preguiçoso para funcionar.

Pode tomar Tamarine na gravidez?

A gestante não deve fazer uso de Tamarine na gravidez ou de nenhum outro medicamento sem indicação do ginecologista. A automedicação durante a gestação pode colocar a gravidez e o bebê em risco.