Benefícios do Chuchu – Quais as Propriedades Medicinais? Como Fazer?

O chuchu trata-se de uma hortaliça-fruto – isto é – uma fruta da categoria dos frutos. Veio para o Brasil através de Portugal, onde existe uma grande produção da hortaliça, especialmente na Ilha da Madeira.

Seu nome científico é Sechium edul. E pertence à família das Cucurbitaceaes.

O chuchu é muito usado na culinária, como ingrediente de saladas e pratos quentes. Também possui diversas propriedades nutricionais e medicinais,

Benefícios do Chuchu

Como mencionado, o chuchu é rico em propriedades nutricionais e medicinais, que fazem muito bem à saúde. Ajuda no tratamento de diversos problemas e contribui na prevenção de várias doenças. A seguir, conheça os principais benefícios do Chuchu:


  • Bom para o Intestino: como a hortaliça possui bastante água e fibras, ajuda no funcionamento da digestão e dos intestinos. É um aliado para prevenir a prisão de ventre e seus incômodos. Entre eles: retenção de gases, inchaços na barriga, dores abdominais, entre outros.
  • Ajuda a manter o peso: o chuchu tem baixas calorias, sendo cerca de apenas 20 a cada 100 g. Além disso, em razão da sua alta quantidade de fibras e água, reduz a retenção hídrica, que causa inchaços no corpo, comprometendo a silhueta. Ainda estimula o funcionamento intestinal. Também reduz a absorção de gorduras e açúcares consumidos.
  • Bom para a Diabetes tipo 2: as fibras presentes na hortaliça ajudam a abaixar os índices de glicose no sangue. Com isso, os portadores de diabetes do tipo 2 controlam melhor a doença e de forma mais natural, precisando de menos insulina sintética.
  • Benéfico para o Sistema cardiovascular: fonte de folato e vitaminas do completo B, o consumo do chuchu previne o acúmulo da homocisteína. A homocisteína se trata de um aminoácido que, em excesso no organismo, pode causar diversos doenças cardiovasculares. Entre elas: hipertensão, acidente vascular cerebral (derrame), infarto, ataque cardíaco, etc.
  • Fornece energia: devido às altas quantidades de vitaminas e minerais, o chuchu gera mais energia ao organismo. Assim, nos tornamos mais dispostos para realizar atividades diversas. Ainda ajuda na força muscular – o que é bom para quem exerce atividades físicas.

dois Chuchus

Outros excelentes Benefícios do Chuchu

  • Regula o funcionamento da Tireoide: a hortaliça contribui para manter os níveis de iodo da tireoide controlados, devido à presença do cobre e do zinco. Com isso, ajuda na prevenção tanto do hipertireoidismo quanto do hipotireoidismo.
  • Bom para a pele: o chuchu contém agentes que participam da produção de hormônios que deixam a pele mais viçosa e firme, além de prevenir as temidas rugas e linhas de expressão. Por ter zinco também ajuda a controlar o oleosidade da pele e a clarear manchas.
  • Fortalece os ossos: devido ao cálcio e à vitamina K, fortalece nossa estrutura óssea e articulações. Ajuda a prevenir a osteoporose em pessoas mais velhas.
  • Previne e trata a Anemia: pela hortaliça ser rica em vitaminas e nutrientes, fortalece o sistema imunológico. É um ótimo aliado para prevenir e tratar a anemia.
  • Melhora a Memória: rico em vitamina B 6, o consumo do chuchu faz bem para a memória. Ajuda a prevenir o Alzheimer nas pessoas mais velhas. Melhora, em geral, as atividades cognitivas, como concentração, raciocínio, aprendizado, etc.
  • Evita as Cãibras: o magnésio presente na hortaliça é excelente aliado para evitar as dolorosas cãibras. Isso é possível através da melhora da circulação sanguínea o do relaxamento muscular.
  • Previne e ajuda a tratar o Câncer: abundante em antioxidantes – o consumo do chuchu inibe a ação dos radiciais livres. Dessa forma é uma bom aliado no tratamento do câncer, além de ajudar na sua prevenção.

Propriedades medicinais

O chuchu apresenta diversas propriedades medicinais, que ajudam a prevenir e tratar doenças. Isso porque tem baixo nível de gorduras saturadas e muitas fibras. Ainda é riquíssimo em água e em vitaminais e minerais importantes para a manutenção da boa saúde.

Malefícios do Chuchu

O chuchu em si não apresenta malefícios. Apenas no fato de soltar um líquido parecido com o ao látex, quando cru. Esse composto causa o adormecimento das partes do corpo que atingir.

Tal efeito, porém, é temporário e não causa males à saúde.

Contraindicações

O chuchu é contra indicado para pessoas com problemas renais e necessitam de fazer hemodiálise. Isso porque a hortaliça contém muita água, que, nessas pessoas, acaba ficando retida no organismo.

Chuchu cru faz mal?

O chuchu cru não faz mal à saúde. Porém, seu sabor, quando cru, faz da hortaliça praticamente impossível de ser consumida crua. Ele ainda exala um líquido que causa o adormecimento na pele quando cru, causando desconforto  para consumi-lo desta maneira.

Chuchu engorda?

Não, pelo contrário. O chuchu pode ser um excelente aliado para quem deseja perder peso ou manter a boa forma física. O alimento tem baixíssimas calorias (cerca de 20 a caga 100 g) e efeito diurético. Ajuda a desinchar partes do corpo afetadas pela retenção hídrica, como barriga, culotes, cintura, entre outros.

Sua alta quantidade de fibras ainda traz sensação de saciedade. Também reduz a absorção de açúcares e gorduras ingeridos.

Receitas

     Sopa de Chuchu com cenoura

Que tal saborear um caldo nutritivo e delicioso? Então confira, a seguir, a receita da sopa de chuchu com cenoura:

Sopa de Chuchu com Cenoura

Ingredientes:

  • 1 chuchu pequeno, cortado em cubinhos
  • 1 cenoura média, cortada em cubinhos
  • 1 colher de sopa de azeite ou óleo
  • 1 dente de alho amassado
  • 1 cebola média ralada
  • 1 litro de água
  • 1 pacote de sopa pronta, com sabor de galinha, com ou sem macarrão

Modo de Preparo:

  1. Em uma panela, refogue o azeite, a cebola e o alho
  2. Adicione os pedaços de chuchu e de cenoura e refogue um pouco
  3. Em uma panela grande, acrescente 1 litro de água fria e adicione os ingredientes do item acima
  4. Deixe no fogo baixo cozinhando por cerca de 20 minutos
  5. Adicione a sopa pronta e vá mexendo até ferver
  6. Deixe cozinhar por mais 5 minutos

                 Como fazer sufle de chuchu?

uma bacia de Chuchu

O sufle é um clássico da gastronomia. Além de saboroso, é um prato leve e requintado. Quer aprender a fazê-lo? Então, confira a seguir como fazer suflê de chuchu:

Sufle de Chuchu

Ingredientes:

  • 4 a 5 chuchus
  • 1 colher de sopa de manteiga
  • 1 xícara de de chá de leite
  • 4 ovos
  • 1 colher de sopa de farinha de trigo
  • 4 colheres de sopa de queijo ralado
  • Sal a gosto

Modo de Preparar:

  1. Descasque os chuchus e coloque-os para cozinhar em água e sal
  2. Depois de cozidos amasse bem os chuchus. Reserve
  3. No liquidificador, bata o leite, a manteiga e a farinha
  4. Adicione as gemas, o queijo ralado e os chuchus cozidos e amassados até formar um creme homogêneo. Reserve.
  5. Bata as claras em neve e depois misture ao creme acima
  6. Distribua a receita em uma refratário e leve ao forno
  7. Aguarde até o prato ficar assado e gratinado

Como plantar Chuchu?

O chuchu trata-se de uma planta do tipo trepadeira. Porém, pode ser cultivada em diversos lugares. Aqui vamos ensinar como cultivar em vasos. Para isso, siga os passos:

um Chuchu

  • Providencie um chuchu-semente: é o primeiro passo para plantar em um vaso. Você encontra as sementes em lojas especializadas em artigos para plantações. Para um vaso grande, um envelope de chuchu-semente é suficiente.
  • Prepare a terra: a hortaliça é considerada exigente em relação à terra. Portanto, providencie terra suficiente para preencher o vaso. A terra deve ser adubada e afofada para receber as sementes.
  • Plantando as sementes: faça uma cova de cerca de 10 cm de profundidade no vaso. Se for plantar mais de um chuchuzeiro, providencie uma jardineira e deixe um espaço de 50 cm entre um buraco e outro, para os chuchus poderem se desenvolver. Coloque o conteúdo do envelope na cova e tampe totalmente com a terra.
  • Local do vaso: ele aprecia a luz. Assim, procure manter o vaso  em um local iluminado, porém, não exposto diretamente ao sol.
  • Regas: a hortaliça gosta de ambientes úmidos, portanto pode regar a sua plantação diariamente. No entanto, não deixe a terra encharcada.
  • Podas da muda: quando as sementes começarem a brotar e aparecerem as primeiras folhas, não deixe de podar. Retire as folhas secas ou com aparência estranha, para não prejudicar as sadias. Pode sempre o seu pé de chuchu.
  • Adube: enquanto sua plantação vai se desenvolvendo (e também depois de crescida), não deixe de adubar a terra. Faça isso uma vez ao mês, para colher bons chuchus.

Pergunta dos leitores

Casca de chuchu faz mal?

Mal não faz, mas além de ter um sabor desagradável, libera um líquido que adormece a pele. Além disso, comer casca de chuchu crua pode causar prisão de ventre.

Quais são as vitaminas do Chuchu?

As vitaminas presentes no chuchu, a cada 100 g são:

  • Vitamina C: 7,7 mg
  • Vitamina B 6: 0,1 mg
  • Vitamina E: 0.12 mg
  • Vitamina K: 4.1 µg