Azedinha – Para Que Serve? Como Fazer o Chá? Benefícios e Efeitos Colaterais

A Azedinha é uma planta conhecida também por diversos outros nomes. Entre eles: trevo, trevinho, erva azeda, acedrilla,  azeda do campo, entre muitos outros.

Não é uma planta que costuma ter muita serventia para a culinária. Porém, possui diversas propriedades medicinais – que ajudam em tratamentos de problemas e ainda auxilia na prevenção de doenças.

Para que serve a planta azedinha?

Além de ser usada para ornamentar jardins e floreiras, a  azedinha é uma planta com muitas propriedades nutricionais e medicinais, como já fora mencionado.

A planta é uma fonte rica na presença de vitaminas do complexo B e vitamina C, além possuir cálcio e muitos outros minerais.Entre as suas propriedades medicinais, destacam-se seu alto poder  antitérmico, diurético, desintoxicante, anti-inflamatório, cicatrizante, antibacteriano, anticancerígena, adstringente, laxante, hepático, antisséptico, antiescorbútico (previne e  trata o escorbuto), entre outros.


Propriedades medicinais e seus benefícios

De acordo com diversos estudos práticos e pesquisas realizadas, a azedinha torna-se extremamente útil para combater diversas manifestações inflamatórias. Entre elas estão problemas de inflamação nos rins e em diversas outras regiões do organismo.

O uso da planta também ajuda a prevenir e tratar diversos tipos de cânceres. Além de manter a pressão arterial sob controle.

Planta Azedinha

Já a raiz da azedinha, de acordo com alguns  pesquisadores, possui 100 vezes mais revesratrol do que a uva. O revesratrol trata-se de um potente agente antioxidante. Ele contribui com o controle da homeostase (condição de relativa estabilidade da qual o organismo necessita para realizar suas funções adequadamente para o equilíbrio do corpo).

Com isso, equilibra as funções do corpo e combate diversos tipos de doenças. Especialmente, aqueles problemas relacionados ao envelhecimento e ao mau funcionamento do metabolismo.

O emprego da azedinha ainda é eficaz para manter os níveis de diabetes controlados. Especialmente em casos de diabetes do tipo 2. A diabetes do tipo 2 é bastante comum nos idosos. Isso porque, geralmente, eles desenvolvem a doença devido ao desequilíbrio homeostático ( estabilidade ou equilíbrio das funções do organismo).

Mais Propriedades medicinais e benefícios da Azedinha

A planta ainda é eficaz em tratamentos de feridas, lesões na pele, controle da acne e cravos. Também atua no tratamento e prevenção do melanoma (câncer de pele), combate à febre e trata a prisão de ventre e seus desagradáveis sintomas, como: formação de gases, inchaços na barriga, dores abdominais, entre outros.

Ainda ajuda na eliminação da retenção de líquidos  e toxinas. Com isso combate inchaços pelo corpo, que se aloja, principalmente, na região da barriga, culote, coxas e cintura.

Ainda, há registros que a planta é largamente utilizada na China de forma crua. Serve para o alívio de dores da região reprodutiva da mulher, após os partos normais. Ainda previne eventuais inflamações e infecções pós-parto.

A planta também conta com agentes utilizados em diversas medicações. São remédios conhecidos para tratar vários tipos de cânceres, chamados de Essiac.

Para tratar infecções dermatológicas é possível providenciar um chá da planta (receita a seguir). O indicado é fazer compressas nas áreas afetadas. A azedinha também reduz os incômodos das picadas de mosquitos, como inchaços, coceiras, vermelhidão.

Contraindicações e efeitos colaterais da Azedinha

Embora contenha muitas propriedades benéficas para a saúde, essa planta pode causar alguns efeitos colaterais. Um deles é a presença do ácido oxálico – que costuma facilitar o desenvolvimento de pedras nos rins.

Além disso, o uso da planta está contraindicada por pessoas que possuem gota, reumatismo e pedra nos rins – por poder exacerbar os desagradáveis sintomas dessas doenças e piorar o quadro do paciente.

Gestantes, mulheres em fase de amamentação, crianças e pessoas que fazem uso de remédios contínuos devem procurar orientação de um médico antes de fazer uso da azedinha.

Como consumir?

A azedinha pode ser consumida em forma de saladas, proporcionando ao prato um leve sabor azedo, como o do limão. Ainda pode ser incluída na preparação de receitas de sopas e pratos quentes ou adicionadas em chás, vitaminas e sucos.

Como fazer o chá de Azedinha

Xícara de Chá de azedinha

Uma das melhores formas de consumir essa planta e contar com suas propriedades benéficas é preparando um chá com ela. A infusão é extremamente fácil e prática de preparar. A seguir, você aprende como fazer o chá de Azedinha:

Receita do chá de Azedinha:

Ingredientes:

  • 250 ml de água filtrada, fervida ou mineral
  • Cerca de 2 colheres de chá das folhas de azedinha frescas (ou secas), apanhadas na hora, de preferência

Modo de Preparo:

  1. Lave e pique as folhas de azedinha com as próprias mãos, em pedacinhos bem pequenos.
  2. Em uma panela, misture as folhas de azedinha picadas com a água e deixe ferver.
  3. Depois de levantar fervura, desligue o fogo.
  4. Deixe a mistura tampada por cerca de 10 minutos, para apurar.
  5. Coe a infusão
  6. Espere o chá amornar e consuma
  7. Consuma o chá de azedinha até 2 vezes por dia. Não exagere no consumo do chá de azedinha, pois pode ele trazer efeitos tóxicos ao seu organismo.

Dessa forma você poderá se beneficiar das excelentes propriedades da azedinha, como: diurético, antitérmico, anti-inflamatório, desintoxicante, antibacteriano, cicatrizante, adstringente, anticancerígena, hepático, laxante, antiescorbútico, antisséptico, entre muitos outros.

Caso você não consiga colher folhasa fresca, pode adquirir em feiras livres, pela internet ou lojas especializadas em ervas e produtos naturais. Alguns estabelecimentos só o oferecem a azedinha de forma seca. Não tem problema, pode preparar o chá desta forma mesmo.

Outra vantagem é que a seca costuma ser bem barata, Cerca de 100 g da planta custa apenas R$ 4.00. O valor pode apresentar pequenas variações de acordo com o estabelecimento que vende a planta e a região do país.

Pergunta dos leitores

Qual o nome científico da Azedinha?

O nome científico da Azedinha é Rumex acetosella. Trata-se de uma planta que pertence à família das Polygonaceaes.

Azedinha é uma planta exótica?

Não. Ela é facilmente encontrada em jardins e matagais de praticamente todas as regiões do Brasil.